Olhando pra sempre

Podia ficar olhando pra sempre essa foto de Gui Mohallem

[Baixe este post como um e-book]

Existem fotografias bonitas, fortes, contundentes, expressivas. E existem fotos que conseguem ser um pouco mais do que isso tudo junto. São fotos que eu podia ficar olhando pra sempre.

Fotos que me prendem os olhos, que me levam pra dentro daquele universo fotografado e me fazem ir além, enxergar além…

E eu fico ali, num silêncio, olhando e sentindo essas fotografias pra sempre.

Foi ai que surgiu a idéia do blog ‘Podia ficar olhando pra sempre essa foto..’ que agora será incorporado ao 7 como um espaço pra mostrar essas fotografias que marcam e pricipalmente, dividir essas sensações com vocês.

E o espaço está sempre aberto pra quem quiser mostrar aquela foto que faz o coração disparar e ficar com vontade de olhar pra sempre.

E pra abrir a nova seção do 7, um belo texto de Val Lima sobre uma fotografia de Gui Mohallem.

Foto: Gui Mohallem

Gui Mohallem

Gosto quando uma fotografia me leva para passear. Me pega pela mão e me diz coisas, baixinho, ao pé do ouvido. E foi isso que esta foto do Gui Mohallem fez comigo.

A simplicidade dessa imagem me encanta. Na verdade, me sinto sua cúmplice. Partilho com ela segredos que todo mundo sabe, volto pra casa, volto pra dentro mim.

Sinto o desconforto do mundo, a loucura e a aridez das pessoas. Caminho. Caminho junto com ele. E como disse tão bem o curador Gabriel Bogossian, minha recompensa é a alegria do retorno.

Share Button

Comentários

  1. Alexandre,
    É assim mesmo, cada um tem suas referências, suas histórias, suas preferências e cada um também carrega uns outros tantos em seu próprio corpo. Acho que o olhando pra sempre é isso, é falar um pouquinho da gente através do outro!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *