Diálogo

Comentários

  1. Esse texto de Ripper é maravilhoso e me lembrou esse vídeo no youtube sobre a liberdade de expressão e seus embates com a mídia: http://www.youtube.com/watch?v=q6rYOTeptPs
    Acho que o ponto mais importante é reconhecer que essas alternativas não se tratam apenas de uma busca pela liberdade de expressão mas de uma construção embasada de um poder de comunicação que é muito político também. Ter esse discernimento sobre a fotografia humanista é fundamental porque acho que é essa a fotografia que vai realmente trazer resultados positivos pra sociedade. Acho que, para o fotógrafo que quer ter um papel ativo socialmente, a documentação não é mais suficiente, é preciso construir uma alternativa de comunicação que ultrapasse o óbvio.

  2. E agora ?
    Me escondo
    Me jogo
    Me mostro
    Me perco
    Nos ares das encostas do morro
    Nos andares de cima dos olhares de baixo
    Nos silêncios e barulhos abaixo e ao lado
    Nos porões e vidraças dessa visão de castas
    And now
    Fotografo
    Publico
    Cobro
    Pago caro
    E já
    Visceral emplastro
    Aceito
    O olhar
    E olho .

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *